Última Hora

07-07-2017 12:42
Os Tribunais de Pinhel e Figueira de Castelo Rodrigo vão ser agregados.
Os Tribunais de Pinhel e de Figueira de Castelo Rodrigo vão ser agregados. A notícia foi hoje avançada à rádio, em comunicado, por Ângela Guerra, deputada do PSD e Presidente da Assembleia Municipal de Pinhel. As portas dos tribunais vão ficar abertas, mas apenas em alguns dias, isto porque “o juiz terá que se dividir entre os dois tribunais.”
Os deputados eleitos pelos círculos onde os tribunais vão ser agregados, subscrevem o comunicado, e dizem que “aquilo que estas agregações traduzem, mais não é, do que o “encerramento encapotado” de cinco tribunais, no interior do país, porque em dez destas comarcas apenas serão colocados cinco magistrados, realizando apenas diligências em alguns dias da semana.”

“Isto contraria em absoluto a bandeira do atual governo que pugnava pela abertura de Tribunais, que ora através de expedientes de duvidosa legalidade, encerra”, acrescentam os deputados em comunicado.


A Deputada, e Presidente da Assembleia Municipal de Pinhel, está indignada com o facto de não serem recebidos pela ministra da justiça.

Sem oportunidade de reunir com a ministra e de reclamar esta decisão, a mesma passa a definitiva. Ângela
Guerra diz que” só resta a manifestação política, e que mesmo esta tem duvidas que ainda venha a tempo.”

“Mais manifestam os Deputados do PSD, subscritores, a sua total indignação pelo facto de a Senhora Ministra da Justiça não receber os Autarcas destas localidades, em tempo útil e que lhes permitiria reagir a tal injusta e “obscura” decisão, sem quaisquer critérios conhecidos ou previamente anunciados, como os números da movimentação processual, ou outros”, lê-se no comunicado. Os tribunais que vão ser agregados são os seguintes:

• Bragança (Miranda do Douro e Mogadouro);
• Évora (Redondo e Reguengos de Monsaraz);
• Guarda (Pinhel e Figueira de Castelo Rodrigo);
• Viseu (São Pedro do Sul e Oliveira de Frades) e (Nelas e Sátão).

Por:Radio Elmo