SECÇÃO: Actualidades


Casa ardeu na em Vila Fernando, Guarda, deixando uma pessoa desalojada

Uma casa de primeira habitação foi destruída pelas chamas na freguesia de Vila Fernando, no concelho da Guarda, ficando desalojado um homem com 54 anos.

O fogo rural que deflagrou pelas 13.18 horas destruiu uma casa de habitação, no sítio da Quinta do Pinheiro, na freguesia de Vila Fernando, disse à agência Lusa o presidente da Junta.

"O morador vai ficar hoje a pernoitar nas instalações da Junta de Freguesia [de Vila Fernando] e vamos também dar-lhe a refeição. Amanhã [sexta-feira], iremos falar com as entidades competentes para ele ser realojado temporariamente", disse Bruno Pina Monteiro.

Segundo o autarca, as chamas estavam a lavrar numa área de mato, mas não colocavam outras casas em perigo.

O autarca adiantou que o fogo rural começou em três locais distintos da freguesia de Vila Fernando, junto da Linha Ferroviária da Beira Alta (Guarda-Vilar Formoso).

Linha ferroviária da Beira Alta cortada entre Guarda e Vilar Formoso

"Foi necessário cortar a linha ferroviária da Beira Alta, entre Guarda e Vilar Formoso", declarou a adjunta de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar, explicando que o corte se deve ao incêndio que lavra na localidade de Vila Fernando, no concelho da Guarda.

Este incêndio integra os "seis incêndios principais em curso" a nível nacional e encontra-se "com duas frentes ativas", informou a responsável da Proteção Civil.