SECÇÃO: Actualidades


A Rampa da Guarda foi cancelada devido à falta de requisitos

A Rampa da Guarda, que devia realizar-se no fim-de-semana de 1 e 2 de Setembro, foi cancelada por não cumprir todos requisitos impostos pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK).

Em entrevista à Rádio Elmo, António Pissarra, presidente do clube Guarda Unida desportiva, referiu que apesar de todos esforços feitos, o clube não conseguiu cumprir os níveis de segurança exigidos pela federação.

A falta de segurança e a dificuldade em arranjar os níveis de betão necessários para as provas, foram as principais falhas apontadas pela federação da modalidade.

Como tal, para que a prova se realize no futuro é necessário arranjar as quantidades de betão necessárias para cumprir o plano de segurança, incutido pela FPAK.

Aos microfones da rádio, António Pissarra demonstrou-se desapontado por não ter consigo realizar a prova do Campeonato de Portugal de Montanha, porém mantém o otimismo de que num futuro próximo conseguirão realizar a prova na cidade da Guarda.

Face à excelente adesão obtida junto dos pilotos, António Pissarra deixou um pedido de desculpas a todos os pilotos que já se tinham inscrito, bem como ao público que tinha intenção de ir ver.

Por: Radio Elmo