SECÇÃO: Actualidades


Carlos Brito diz que o alcoolismo não é devidamente valorizado

No dia nacional dos Alcoólicos Anónimos e Recuperados, Domingos Neto, presidente da comunidade dos AA, disse que a doença não é devidamente reconhecida e que a classe médica não dá a devida atenção a esta doença, que é cronica. Por cá, Carlos Brito, presidente do Centro de Alcoólicos Recuperados do Distrito da Guarda justifica este facto com “a falta da disciplina de alcoologia nas universidades”, realçando que é preciso apostar na formação.

O consumo de álcool entre os jovens tem vindo a aumentar, uma preocupação que Carlos Brito, já manifestou à rádio algumas vezes. Segundo este responsável “o não cumprimento da lei é um dos motivos. Não se pede o cartão de cidadão a um jovem que vai comprar uma cerveja ou um fino para ver se tem 18 anos. Quem está atrás do balcão quer é vender”.

No dia do pai, Carlos Brito pediu aos pais para não incentivarem os filhos a beber, porque mais tarde poderão “chorar lágrimas de sangue”.