SECÇÃO: Actualidades


PJ da Guarda deteve suspeito de abuso sexual a pessoa incapaz de resistência

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na Guarda, um homem de 40 anos, com a profissão de calceteiro, pela alegada prática de um crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, foi hoje anunciado.

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere, em comunicado hoje divulgado, que o crime terá sido praticado naquela cidade.

Segundo a nota, a investigação teve início após a receção de uma denúncia que foi apresentada diretamente no serviço de piquete do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda.

A PJ recolheu “diversos elementos de prova que, não só reforçaram a credibilidade da mesma, como também permitiram identificar e localizar o autor do crime em causa, assim como o esclarecimento das circunstâncias em que este ocorreu”, lê-se no comunicado.

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório e aplicação das adequadas medidas de coação.

Por: Radio Elmo