SECÇÃO: Actualidades


Município de Pinhel com orçamento de 18,6 milhões de euros em 2020

A Câmara de Pinhel aprovou o orçamento para 2020 no valor de 18,6 milhões de euros, que é inferior em cerca de dois milhões de euros ao de este ano e está “adaptado à realidade do município”.

O orçamento do município de Pinhel, presidido por Rui Ventura (PSD), foi aprovado, na última reunião do executivo, por maioria, com a abstenção do vereador do PS.

Entre as obras identificadas como prioritárias para 2020 estão intervenções no Agrupamento de Escolas de Pinhel (cerca de 1,4 milhões de euros) e na recuperação do Parque da Trincheira (600 mil euros).

A autarquia também destina uma verba de 800 mil euros para a abertura de uma nova acessibilidade que vai ligar ao centro da cidade e que será denominada “Avenida Cidade do Vinho 2020”.

Para além da nova via rodoviária, a intervenção contempla a criação de um Parque TIR “para retirar muitos dos camiões que estão no centro da cidade” e que será usado para a realização das Festas da Cidade e para as feiras anuais ao ar livre, indicou o autarca social-democrata.

Os documentos que vão orientar a ação da Câmara Municipal de Pinhel em 2020 também contemplam uma verba de 370 mil euros para o projeto “Ver e Sentir o Falcão”, que integra a construção de uma Falcoaria (junto ao castelo) e do Miradouro da Faia (na aldeia de Azêvo).

Rui Ventura considera tratar-se de um orçamento “realista, de compromisso, de rigor e de apoio às famílias”.

No que diz respeito ao apoio às famílias, o autarca referiu que o município tem procurado manter as medidas que foi implementando ao longo dos últimos anos em áreas como a Educação, a Cultura e o Desporto.

O município lembra ainda que mantém no próximo ano os impostos municipais nos valores mais baixos, como é o caso do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Em 2020, o autarca de Pinhel pretende continuar a trabalhar “no sentido de reduzir as despesas onde é possível reduzi-las, de modo a poder continuar a investir onde é necessário, seja nas obras que o município ainda necessita, seja na aposta numa estratégia de comunicação que dê a conhecer Pinhel a públicos mais alargados”.

O orçamento camarário de Pinhel vai ser discutido na próxima reunião da Assembleia Municipal.

�