SECÇÃO: Actualidades


Refinaria de bagaço de azeitona já não vai ser instalada em Cogula

A Câmara de Trancoso rejeitou um pedido de licenciamento de um tanque de receção de bagaço de azeitona. Este licenciamento poderia abrir caminho para a instalação de uma refinaria de bagaço, possibilidade que as populações não viam com bons olhos e contra a qual lutavam há uns meses. Amílcar Salvador , Presidente de Câmara de Trancoso, diz que o plano diretor municipal (PDM) não permite a instalação de indústrias que trabalhem com sub-produtos, ou seja com resíduos.

O autarca garante que “vão continuar a estar atentos, a este caso e a outros que possam vir a por em causa o meio ambiente”.

As populações ficaram “satisfeitas e aliviadas” com esta decisão. Vítor Pereira, do Movimento contra a instalação da refinaria de bagaço em Cogula, disse que “esta era a decisão esperada” por parte da autarquia, a quem agradecem a disponibilidade.

�